Google Nexus 7 vs Samsung Galaxy Tab Plus

O Nexus 7 idealizado pelo Google e construído pela ASUS é claramente um tablet Android voltado para bater de frente com o Kindle Fire da Amazon, mas isso é lá fora. No Brasil um tablet de 7 polegadas que vem ganhando muitos adeptos é o Galaxy Tab Plus da Samsung. E o motivo pra isso é bem simples: o preço. Não, ele não é mais barato aqui do que no exterior, mas a proximidade do valor é tão grande (350 dólares lá fora e 800 reais no Brasil) que isso faz dele um dos melhores tablets disponíves no mercado nacional em termos de custo / benefício . Quando o Nexus 7 passar a ser vendido também pra cá, creio que a disputa pelo mercado de 7 polegadas será entre os dois.

A ideia aqui não é exatamente aferir qual o melhor tablet (de imediato eu seria o primeiro a apontar para o Nexus 7) , mas sim em quais quesitos cada um deles representa uma melhor alternativa, ou melhor, mostrar que o Galaxy Tab Plus apresenta sim algumas vantagens frente ao novo tablet da família Android.

 Nexus 7 vs Samsung Galaxy Tab Plus

Para isso, primeiro comparemos os aspectos técnicos:

Nexus 7 Galaxy Tab Plus
Tela 7 polegadas, 1280 x800 (215.6 píxels por polegada) , formato 16:10, IPS, Gorilla Glass 7 polegadas , 1024 x 600 (169.5 píxels por polegada) , formato 16:10, PLS
Espessura 10,4mm 9,9mm
Peso 340 g 345g
Processador (SoC) NVIDIA Tegra 3 (quadcore) a 1,3GHz Exynos 4 Dual (dualcore) a 1,2 GHz
Memória RAM 1 GB 1 GB
Sistema Operacional Android 4.1 (Jelly Bean) Android 3.2 (Honeycomb)
Conectividade WiFi, bluetooth, GPS, (DLNA?) Wifi, bluetooth, GPS, DLNA
Interfaces USB 2.0 (micro) , fone de ouvido MicroSD , fone de ouvido, slot proprietário de 30 pinos
Câmera 1 (frontal de 1,2MP ) 2 (frontal de 2 MP e traseira de 3 MP com Flash de LED)
Armazenamento 8GB e 16GB 16GB e 32GB
Bateria 4325 mAh -  8 horas  (9 horas e 49 minutos nos testes do Engadget) 4000 mAh – 8 (8 horas e 9 minutos nos testes do Engadget)
Preço sugerido 199 dólares (8GB) e 249 dólares (16GB) 350 dólares (16 GB) e em torno de 800 reais no varejo brasileiro.

Algumas observações do quadro:

A autonomia da bateria realizada pelo pessoal do Engadget.com é medida segundo um teste de reprodução de vídeo com brilho em torno de 65% e com wifi ligado. Saiba também que tanto a performance do Tegra 3 quanto do Exynos nesse tipo de aplicação é muito superior ao que seria no uso intensivo de navegação web (o que inclui muito flash e javascript).

O preço com que o Nexus 7 será vendido no Brasil é um verdadeiro mistério. O modelo de 16 GB do Nexus 7 (249 dólares) se fosse apenas convertido para a nossa moeda daria algo em torno de 500-550 reais, mas some aí impostos (imposto de importação e ICMS) e o preço final já salta para algo em torno de 900 -1000 reais. Perceba que sequer levo em consideração o frete.

O preço de 800 reais que coloquei pro Galaxy Tab Plus é uma média, ou seja, você encontra até por menos e em lojas de boa confiabilidade. Não é incomum encontrá-lo por 750 reais . No Kabum! , por exemplo, ele chegou a ser vendo por 660 reais (680 reais com frete).  Ou seja, há uma chance enorme do Nexus 7 de mesma capacidade que o Galaxy Tab Plus vir custando aqui em torno de 300 reais mais caro que o Galaxy Tab Plus, principalmente no início.

Perceba que o Nexus 7 é um modelo bastante fechado e isso faz parte de sua proposta de impulsionar o comércio de produtos via streaming da sua loja online (Google Play). Você não tem como expandir a capacidade de armazenamento do dispositivo via cartão de memória como ocorre com o Galaxy Tab Plus. Isso faz com que a escolha entre comprar o modelo de 8 GB ou de 16GB seja  realmente importante pro Nexus 7.

E o que mostram os índices de desempenho?

Índices de desempenho devem ser considerados com muita cautela. Eles de forma alguma reproduzem com fidelidade a performance e experiência de uso que se teria  na prática. Mas mesmo com uma ressalva desse tamanho, eles podem sim servir de parâmetro para nos mostrar do que nosso tablet é capaz.

Nexus 7 Galaxy Tab Plus
Quadrant 3,501 2,700
Vellamo 1,650 1194
SunSpider 0.9.1 (ms) 1,785 1,679
GLBenchmark Egypt Offscreen (fps) 63 fps 39 fps
CF-Bench 11,807 5998

Observação: no SunSpider, quanto menor o valor, melhor o desempenho.

A combinação Jelly Bean com Tegra 3 é realmente um espetáculo e o resultado dos benchmarks parece refletir exatamente isso. O Exynos 4 Dual é um dos melhores SoCs dualcore, e quando o sistema operacional do Tab Plus passar para o ICS ( o que deverá ocorrer até o final de agosto) provavelmente alguns destes índices melhorem consideravelmente.

Mas então, compro o Galaxy Tab Plus agora ou espero pelo Nexus 7?

É uma pergunta muito difícil. Mas baseado em tudo que vimos aqui, façamos rapidamente uma lista de prós e contras do Nexus 7 com relação ao Tab Plus:

Prós:

-melhor display;

-melhor bateria;

-melhor performance;

-possibilidade de rodar os games desenvolvidos especialmente para o Tegra 3;

-vem atualizadíssimo ( e deverá se manter assim enquanto seu hardware aguentar ).

Contras:

-pior interface (não só não possibilita a expansão via cartão de memória como a princípio não suporta fazer espelhamento de tela via HDMI e nem mesmo reconhece pendrives);

-Não tem opção de 3G;

-talvez demore muitos meses a chegar aqui;

-preço potencialmente  superior ao Galaxy Tab Plus.

-Assistência técnica praticamente inexistente (infelizmente acidentes acontecem e mandar o tablet para a assistência técnica poderá ser um problemão). No caso da Samsung você encontra assistência técnica autorizada em diversas cidades.

Pra quem figura no estágio final de comprador, recomendo o Tab Plus. Para quem ainda está naquele estágio de apenas analisar mercado e se perguntando o que fazer com um tablet, bom, esse com certeza é melhor esperar. Mas lembre-se, você está esperando por um modelo de maior desempenho e talvez tenha de pagar bem mais por isso.

Forte abraço e inté a próxima!

Termos Procurados:

    nexus 7 brasil,nexus 7 comprar,nexus 7 preço brasil,comprar nexus 7,nexus 7 brasil preço,nexus tab,nexus 7 preço no brasil

Humberto R.

Engenheiro, concurseiro, e feliz proprietário de um Galaxy Note 10.1 e também de um Asus Transformer TF101.