iPad Mini ou Galaxy Note 8?

Sem dúvida alguma trata-se dos dois melhores tablets de oito polegadas disponíveis no mundo e agora também no Brasil. O Galaxy Note 8 já é nosso conhecido há alguns meses,  o iPad Mini é que finalmente começa a ser vendido por aqui. Quais as diferenças entre eles? Quais os prós e contras de cada um? Qual o melhor? Bora analisá-los!

Samsung-Galaxy-Note-8-0-vs-[1]

Comecemos pelo tradicional quadro comparativo com as especificações técnicas:

Apple iPad Mini
Samsung Galaxy Note 8
Tela 7,9 polegadas, 1024 x768 (162 píxels por polegada) , formato 4:3 , multitouch 8 polegadas , 1280 x 800 (188.7 píxels por polegada) , formato 16:10 , multitouch + pen input
Espessura 7,2mm 7,95mm
Peso 308g 340g
Processador (SoC) Apple A5 Dualcore Exynos 4412 Quadcore a 1,6 GHz
Memória RAM 512 MB 2 GB
Sistema Operacional iOS Android 4.1.2 (Jelly Bean)
Conectividade WiFi, bluetooth 3.0, GPS, DLNA, 4G Wifi, bluetooth 4.0, GPS, DLNA, 3G, infravermelho
Interfaces fone de ouvido, conector proprietário MicroSD (até 64GB) , fone de ouvido, microUSB
Câmera frontal de 1,2MP;
traseira de 5 MP;
frontal de 1,3 MP;
traseira de 5 MP;
Armazenamento  16GB , 32GB , 64 GB  16GB, 32GB
Bateria 4400 mAh 4600 mAh
Preço do modelo mais simples
1300 reais (sugerido);
1130 (menor valor encontrado)

1300 (sugerido);
1104 (menor valor encontrado)

Algumas considerações:

Display

O formato 4:3 é visto como mais indicado para leitura enquanto o 16:10 para assistir a vídeos e jogar games. Mas isso é uma generalização e, ao meu ver,  uma preferência de cunho totalmente pessoal. A tela do Note 8 é melhor resolvida que a do iPad Mini, e , mesmo que a diferença não seja tanta, vejo como um diferencial em favor da Samsung.

Performance

O iPad Mini é mais leve e mais fino que o Note 8, mas aqui não vejo como uma diferença tão significativa. Tanto o iPad Mini com seus 308 gramas quanto o Galaxy Note 8 com seus 340 gramas são muito leves e com dimensões bastante confortáveis para o manuseio. Como o iPad Mini apresenta um arranjo que aproveita melhor o espaço, colocaria uma vantagem nele aqui, ainda que eu ache que dificilmente você conseguirá carregá-lo no bolso.

Quanto ao processador, o Exynos 4412 é significativamente superior ao A5 , e com as modificações da Samsung no Android,  essa superioridade  é muito bem aproveitada.

Bateria

Falar em bateria é aferir a sua autonomia em 2 momentos: modo de espera e uso contínuo. Em modo de espera ambos os tablets são excelentes e você nunca precisará desligá-los. Já a autonomia em uso contínuo conta outra história. Enquanto o iPad Mini chega a aguentar em torno de 12 horas com apenas uma carga, o Galaxy Note 8 mal passa de 8 horas nas mesmas condições. Em modo de economia de bateria talvez se chegue a 9 horas com o Note 8, mesmo assim a diferença continua altíssima.
Câmeras
Um dos poucos fabricantes que vem tentando incluir câmeras de boa qualidade em tablets é a ASUS (a partir do Transformer Prime). Tanto no iPad Mini quanto no Note 8 as câmeras presentes são medianas no máximo.

Sistema Operacional e outras soluções em software

O Android presente no Galaxy Note 8 é bastante modificado pela Samsung, e ainda que a interface Touchwiz não agrade a todos, o fato é que a Samsung vem agregando algumas funcionalidades muito boas no sistema, como o AllShare , Reconhecimento de Escrita, Easy Clip e o Multi janela. Essas duas últimas modificações, por exemplo, permitem uma  integração muito interessante entre apps, criando um ambiente muito favorável à criação de conteúdo e ao aproveitamento multitarefa.

Singularidades

Além do formato de tela (4 x 3 Vs 16 x 10) e sistemas operacionais completamente diferentes, acho que merecem destaque alguns itens apenas presentes no Galaxy Note 8:

• IR Blaster (sensor infravermelho ).
• Possibilidade de expandir a capacidade de armazenamento via cartão microSD.
• E principalmente a caneta S Pen.

Lá fora há uma diferença em torno de 50 dólares entre o Note 8 e o iPad Mini, o que poderia ser interpretado como sendo exatamente o quanto se estaria pagando pela S Pen e toda a tecnologia envolvendo ela. Como no Brasil a diferença de preço entre os dois tablets praticamente inexiste, é como se o Note 8 saísse com a caneta de graça.

Meus dois centavos

Penso que mesmo para os que não vêem na caneta S Pen um grande diferencial, ainda assim o Note 8 representaria uma melhor aquisição. A disputa não é fácil, o iPad Mini possui uma autonomia de bateria muito melhor e uma maior cobertura de apps. Já o Galaxy Note 8 leva vantagem na resolução da tela, interface, ambiente produtivo e multitarefa além de vir de fábrica com a caneta S Pen e todo o ganho que ela representa na experiência de uso.

Fico por aqui e inté a próxima!