PadFone é tablet, smartphone , netbook e o principal: vem pro Brasil!

Padfone sim é o verdadeiro “Transformer” da ASUS. A brincadeira começa com um smartphone de última geração. Vira tablet  ao ser acoplado à PadFone Station ( e diga-se de passagem, um tablet com desempenho comparável ao Transformer Prime). A mutação termina quando é adicionado ao conjunto a PadFone Station Dock, tornando o outrora smartphone num verdadeiro netbook Android. O conjunto todo promete ser a solução completa de mobilidade , oferecendo em cada etapa um dispositivo top de linha e tudo isso com apenas um plano de dados. Vejamos cada um deles:

  • Smartphone : A primeira forma do Padfone tem como características um display de 4,3 polegadas 960×540, Super AMOLED , revestido com Gorilla® Glass e resistente a riscos e arranhões. No SoC a novidade é o dualcore Snapdragon Krait a 1,5 GHz , 16 GB de armazenamento interno e 1 GB de RAM. O sistema operacional não poderia ser outro senão o glorioso ICS (Ice Cream Sandwich).
  • Tablet (smartphone conectado a Padfone Station): na sua forma de tablet , o Padfone  se apresenta com um display de 10,1 polegadas de resolução 1280×800 (com Gorilla® Glass) somando ainda ao conjunto um ganho imenso de bateria (o conjunto apresenta 5X mais bateria).
  • Netbook (smartphone conectado a Padfone Station + Padfone Station Dock ): para tanto basta adicionar ao conjunto (smartphone + Padfone Station) a Padfone Station Dock. Não estamos falando apenas de um teclado. A Padfone Station Dock oferece teclado QWERTY com atalhos para funções típicas do Android , mouse track pad , porta USB , entrada para cartão SD e mais um adicional de bateria considerável (em torno de 9X o valor o inicial).

 Padfone

Pra garantir a mobilidade e a praticidade, todas as peças podem ser reunidas e separadas facilmente, e sem nenhuma necessidade de se desligar o aparelho. Você pode, por exemplo, remover o smartphone do arcabouço de tablet durante um vídeo em execução. O vídeo continuará rodando no smartphone como se não tivesse acontecido nada.

E se eu tiver de fazer ( ou atender) uma ligação enquanto o smartphone está conectado na Padfone Station ? Tranquilo, amigo. A solução encontrada pela ASUS para isso foi possibilitar que se utilize uma caneta stylus fazendo a função de telefone.

O produto, que já está disponível em Taiwan, deverá ser comercializado nos próximos dias em outras regiões, como o Estados Unidos.

Vejamos o quadro com a especificação técnica!

ASUS Padfone
Tela Smartphone: 4,3 polegadas , 960×540, Super AMOLED, Gorilla® Glass 

Tablet: 10,1 polegadas, 1280 x 800 , Gorilla® Glass

Espessura Smartphone: 9.2 mm

 

Tablet: 13.55 mm

Peso Smartphone: 129 g

Tablet: 853g ( a Padfone Station sozinha pesa 724 g)

Netbook: Aproximadamente 1,5 Kg ( a Padfone Station Dock pesa sozinha 646 g)

Processador (SoC)
Qualcomm Snapdragon S4 Krait (Dualcore) 1.5 GHz
Memória RAM
1GHz DDR 2
Sistema Operacional
Android 4.03 (Ice Cream Sandwich)
Conectividade WiFi, Bluetooth 4.0, GPS, AGPS, DLNA , 3G
Interfaces Smartphone: micro USB , microSD 

Tablet:  microSD, micro HDMI , conector proprietário (40 pinos)

Netbook:  microSD, micro HDMI, 2X USB , SD , conector proprietário (40 pinos)

Câmera smartphone: Frontal 0,3MP e traseira 8 MP com autofoco, LED flash e gravação em  HD (1080p) 

Tablet: frontal 1,3MP e  traseira 8 MP com autofoco, LED flash e gravação em  HD (1080p)

Armazenamento Smartphone: 16GB
Bateria Smartphone: 1520mAh,  2,6 horas (wifi)  2,1 (3G) 

Tablet:  10,7 horas (wifi) ; 8,9 (3G)

Netbook: 17 horas (wifi) ; 14,1 (3G)

Preço sugerido
Smartphone: 610 dólares 

Padfone Station: 240 dólares

Padfone Station Dock: 130 dólares

Agora a questão crucial: vem pro Brasil?

Segundo a ASUS Brasil, SIM! Veja o que ela diz no seu press release.

“O PadFone ainda não tem preço e data de lançamento definidas para o mercado brasileiro, mas a ASUS esta comprometida em trazer este importante lançamento ainda em 2012.”

Meus dois centavos

Muitas vezes me deparei com perguntas do tipo “tablet ou smartphone?” , ou ainda “tablet ou netbook?”. Com o Padfone da ASUS você não precisa escolher nada e leva os 3 (claro, se você adquirir todas as peças).

Caray, mil doletas???

Num primeiro momento o preço é assustador (610 dólares pro smartphone, 240 a carcaça de tablet e mais 130 o teclado), mas vejamos a questão em partes. Um smartphone de última geração desbloqueado é caríssimo. A título de comparação, o iPhone 4S com 16GB desbloqueado custa 725 dólares na Amazon (115 dólares a mais que o Padfone). O que torna o produto acessível, digamos assim, é o contrato com a operadora. Na Verizon esse mesmo iPhone sai por 200 dólares mediante contrato de 2 anos, uma redução acima de 500 dólares. Caso o mesmo cenário se aplique ao Padfone, você teria o conjunto completo por 500 dólares.

Apenas um plano de dados

Esse me parece o aproveitamento máximo do 3G. Você terá um smartphone com 3G, um  tablet com 3G e pagará por apenas 1 plano.  Atualmente quem tem smartphone e tablet com 3G, além de pagar mais pelo tablet (a versão com 3G costuma ser em torno de 200 reais mais cara que a versão apenas com wifi) , ainda precisa pagar por 2 planos de dados. A saída que muitos encontram é ter o plano de dados no smartphone e utilizá-lo como modem  quando precisam usar a internet no tablet. Essa me parece inclusive a melhor prática , mas grande ressalva desse procedimento é que o 3G consome muita bateria do smartphone, você basicamente ganha um modem com autonomia de 2 horas. Com o Padfone você tem o  melhor dos mundos, tem 3G no tablet e no smartphone, paga por apenas 1 plano de dados e ainda tem uma autonomia de bateria simplesmente fantástica: quase 9 horas.

Altíssima disponibilidade

A bateria do Padfone tem autonomia comum, porém por conta dos seus acessórios (Padfone Station e Padfone Station Dock) a tendência é que ele esteja sempre com ótima carga, já que a Padfone Station , entre outras coisas, carrega o smartphone. E vendo sob a ótica do tablet , são quase 11 horas reais de uso com wifi e 17 horas se você possuir ainda o mobiledock (a Padfone Station Dock).

Portabilidade

Essa talvez seja a grande surpresa. Uma ressalva aos tablets da ASUS é a incompatibilidade dos seus teclados. Cada série tem o seu respectivo mobiledock. Isso de certa forma é um entrave para que se adquira uma versão mais nova. O Padfone  tem o seu teclado específico, mas foi descoberto que o teclado do Transformer Original (TF101) é perfeitamente compatível com ele! Ou seja, se você já possuir o TF101 com teclado, saiba que uma parte do Padfone você já tem.

Peraí, então não temos ressalva alguma ao Padfone??

Claro que temos! Se você ainda não viu, repare no quadro com as especificações o peso dele. Cara, o tablet pesa mais de 850 gramas! O Transformer Prime pesa em torno de 586 gramas, o Transformer Original em torno de 680 gramas. Com certeza 853 representa um entrave altíssimo à mobilidade e ao uso do tablet.

Outro problema com o peso é na utilização do touchscreen na forma Netbook. O peso do tablet é muito maior que o peso de sua base (o teclado). Dessa forma, uma dedada mais forte e o braço de alavanca entrará em ação.

Mas então , vale a pena?

Acho que a  resposta passa pelo preço e  pelo interesse das operadoras no Brasil. Me parece uma solução excelente  principalmente para quem já utiliza planos pós-pagos para smartphones. Mas aguardemos.

Termos Procurados:

    padfone brasil,asus padfone brasil,padfone 2 brasil,padfone no brasil,padphone 2 brasil