Tablet Samsung Galaxy Note 8 é lançado oficialmente no Brasil

Chega ao Brasil o mais novo integrante da família Galaxy Note: o Samsung Galaxy Note 8, um tablet de 8 polegadas, quadcore, com digitalizador integrado e preço sugerido de 1599 reais para o modelo com suporte para 3G.   O lançamento foi anunciado em evento realizado no Rio de Janeiro na última terça-feira, o que não dá nem um mês de diferença com relação ao lançamento no exterior , ocorrido em 14 de março. O modelo já se encontra em pré-venda em São Paulo desde sábado passado e deverá estar disponível no varejo já a partir do próximo dia 8  pelo menos no sudeste.

O Galaxy Note 8 é basicamente uma versão menor do poderoso Galaxy Note 10.1, mas como possui a mesma resolução numa tela menor (1280×800), apresenta uma densidade de píxels consideravelmente superior (188 contra 149), o que se traduz em imagens melhor resolvidas para seu tamanho de tela. Para o SoC a  Samsung novamente utilizou o Exynos 4412, com CPU rodando a 1,6 GHz. Complementam o modelo 2GB de RAM, 16 GB de armazenamento interno (expansível via cartão microSD de até 64 GB) e câmeras frontal e traseira de 1,3 MP  e 5 MP respectivamente. É também bastante leve, pesando em torno de 330 gramas. A  bateria com capacidade para 4600 mAh promete, pelo menos em tese,  autonomia para até 14 horas quando utilizado apenas a S Pen.

O sistema operacional mais uma vez é uma versão significativamente modificada do Android Jelly Bean 4.1 e com interface Touchwiz. E as modificações são realmente um atrativo à parte, principalmente pelo recurso multijanelas.

Outro atrativo do modelo é a utilização em conjunto com a caneta S Pen, um acessório que agrega inúmeras funcionalidades, seja na utilização do tablet como se ele fosse um caderno de anotações, uma prancheta para desenhos , selecionar texto, recortar, habilitar preview nas pastas, enfim e uma infinidade de outras aplicações a depender do aplicativo usado.

No Brasil a Samsung também pretende vender a versão com apenas wifi, para esta versão o preço sugerido fica em 1299 reais.

Via PCWorld

Meus dois centavos

O Galaxy Note 8 em termos de performance e funcionalidades é sem dúvida alguma um top de linha. Há quem entenda que sua resolução representará um gargalo muito em breve, particularmente acho que ainda demorará um pouco para isso. O que me parece que ficou devendo bastante é a bateria. Ainda que a Samsung prometa até 14 horas de uso quando só se utilize a S Pen como método de entrada, nos testes reais e padronizados do site Engadget.com a autonomia da bateria mal passou de 7 horas.  No The Verge a bateria também não recebeu uma nota lá muito boa (7 de 10).

As câmeras também foram muito criticadas. Na realidade poucos são os tablets que se preocupam em ter câmeras decentes. O preço assusta. Por 1600 você pode levar hoje o Galaxy Note 10.1 , inclusive na versão com 3G. Acho que rapidinho o varejo irá repensar esse preço sugerido para algo em torno de 200-300 reais a menos, mas é especulação minha.

Outro aspecto que acho relevante comentar é a ausência de botões de navegação na barra inferior. Na realidade não há mais barra inferior. Os botões de navegação, pelo que vi, são botões capacitivos como nos smartphones. Visualmente isso deixa o tablet com cara de celular gigante, mas em termos de utilização me parece um acerto. Nesse formato, ganha-se em espaço útil na tela e também uma preocupação a menos com relação à palma da mão tocar na tela enquanto se usa a S Pen.